terça-feira, 24 de março de 2009

Em mim
a poesia
vem caipira
Com todos os ais
e uais
de Minas Gerais

Mineira

quarta-feira, 18 de março de 2009

Dualidade

As vezes,
tú és chama
e me inflamas
com o calor que emanas
Pura paixão...

Outras vezes
tú és gelo
imensa indiferença
a me torturar...

E eu
sempre a lhe sorrir
sempre a lhe esperar
sempre a lhe amar.

sábado, 14 de março de 2009

Um pequeno poema

Não há nada
que nos una
além de tudo

Não há nada
que nos separe
apesar de tudo

Não há nada
e o nada é tudo...

Tolstói

O rico fará tudo pelo pobre,
menos descer de suas costas.

Uma frase

As mulheres se dão para Deus
quando o Diabo não quer mais nada com elas.